Your browser is out-of-date.

In order to have a more interesting navigation, we suggest upgrading your browser, clicking in one of the following links.
All browsers are free and easy to install.

 
  • in vitruvius
    • in magazines
    • in journal
  • \/
  •  

research

magazines

architectourism ISSN 1982-9930

Lisboa. Foto Michel Gorski

abstracts

português
Ministério do Arquiteturismo adverte: ao viajar não se esqueça que a mulher é a medida de todas as coisas!


how to quote

GORSKI, Michel; GUERRA, Abilio. Ministério do Arquiteturismo adverte.... Ao viajar não se esqueça que a mulher é a medida de todas as coisas! Arquiteturismo, São Paulo, ano 11, n. 121.04, Vitruvius, abr. 2017 <http://mail.irmaosguerra.com/revistas/read/arquiteturismo/11.121/6503>.


O filósofo sofista Protágoras afirmou na antiguidade grega que “o homem é a medida de todas as coisas”. Com o Império Romano ditando as regras da cultura europeia, coube a Vitruvius, em seu famoso livro Os dez livros da arquitetura, transformar a máxima em regras de composição arquitetônica, onde as relações entre as medidas do corpo humano estavam em consonância com a proporção áurea.

Com a decadência das civilizações grega e romana e a hegemonia da Igreja Católica durante a chamada Idade Média, esse princípio foi substituído pela escala diminuta do homem diante de Deus.

O Renascimento trouxe de volta antigas crenças e Protágoras e Vitruvius voltaram a ser protagonistas. Como o segundo não desenhou suas ideias, abriu espaço para a imaginação de pintores e arquitetos formularem seus “homens vitruvianos”, cabendo a Leonardo da Vinci a versão mais feliz, consagrada pela tradição.

No início do século 20 temos uma nova retomada de princípios normativos buscados à geometria liderada pelo arquiteto suíço-francês Le Corbusier. Seu modulor, reinterpretação da crença no homem como medida dos artefatos humanos, se converte em novo cânone de arquitetos alinhados com as vanguardas modernas.

Nos tempos atuais, onde o debate sobre os gêneros ocupa espaço significativo no debate cultural, o arquiteto dublê de fotógrafo Victor Hugo Mori adotou a máxima “minha mulher é a medida de toda arquitetura”. Alexandrina Mori (1), a Nina, se torna assim uma nova régua, que estabelece a escala huma(Ni)na da arquitetura mundial.

nota

Ver: MORI, Alexandrina. Sentimental Journey em Liverpool. Passeio nostálgico na cidade dos Beatles. Arquiteturismo, São Paulo, ano 05, n. 057.01, Vitruvius, nov. 2011 <www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquiteturismo/05.057/4122>.

sobre os autores

Michel Gorski – co-editor da revista Arquiteturismo – é arquiteto e escritor, trabalha com arquitetura do entretenimento e urbanismo. É autor do livro infantil A menina da placa (ilustrado por Fernando Vilela) e em parceria com Sílvia Zatz eescreveu: Por um trizO soprador, Irerê da Silva e A mão livre do Vovô.

Abilio Guerra é professor de graduação e pós-graduação da FAU Mackenzie e editor, com Silvana Romano Santos, do portal Vitruvius e da Romano Guerra Editora.

comments

121.04 ministério
abstracts
how to quote

languages

original: português

share

121

121.01 viagem de estudo

Serenbe, lugar de viver tranquilo

Adilson Costa Macedo

121.02 roteiro de viagem

Arte urbana em Covilhã

Carolina Guida Cardoso do Carmo

121.03 roteiro turístico

Herança futurística da Cidade Olímpica

Laura Burocco and Pedro Victor Brandão

121.05 quiz show

Quem sabe o autor, o endereço e o nome do edifício?

Abilio Guerra

121.06 arte pública

Talismã

Marilena Chauí

newspaper


© 2000–2017 Vitruvius
All rights reserved

The sources are always responsible for the accuracy of the information provided